Restaurante japonês oferece prato grátis a “Luizas”

Luiza já voltou do Canadá, mas as brincadeiras e promoções com o bordão “Luiza está no Canadá” continuam. Um restaurante japonês em São Paulo anunciou em seu site…

Luiza já voltou do Canadá, mas as brincadeiras e promoções com o bordão “Luiza está no Canadá” continuam. Um restaurante japonês em São Paulo anunciou em seu site que todas as mulheres chamadas Luiza ou pessoas que tiverem um visto para o Canadá no passaporte ganharão um prato individual do cardápio de graça, caso estiverem acompanhadas de outra pessoa pagante.

A oferta do Kabuki, na zona oeste da capital paulista, vai até 31 de janeiro e exige a apresentação do RG comprovando o nome ou do passaporte original usado na visita ao Canadá. A paraibana ficou famosa após seu pai, o colunista social Gerardo Rabello, citar seu nome em uma propaganda de uma empresa de imóveis veiculada na última semana. No anúncio, ele diz que reuniu toda a família, “menos Luiza, que está no Canadá”, para recomendar o apartamento.

O bordão virou hit nas redes sociais, com milhares de comentários, incluindo empresas e famosos. Claro, Magazine Luiza, Yázigi, CVC, Gol e Ponto Frio estão entre as companhias que publicaram brincadeiras com a frase em seus perfis nas mídias sociais.

Fonte: Portal Terra

Confira o vídeo que transformou a Luíza numa webcelebridade:

Views:
103
Article Categories:
Curiosidades

Todos os comentários

  • amigos do sushi,
    vcs podem nos dizer como vai ficar os restaut/rantes abertos ou fechados nesse carnaval??
    Agradeço de montaão.

    Lu 8 de fevereiro de 2012 Responder
  • Olá Lu,

    até a semana que vem vamos publicar aqui no blog o horário de funcionamento dos restaurantes.

    Abraços.

    Rafael Cavalcanti 8 de fevereiro de 2012 Responder
  • Acabei de retornar de um jantar no Ran. FATOS: Ao recebe a conta, verifiquei que haviam cobrado uma dose a mais de saque do que eu realmente consumi (3 em vez de 2). Pedi uma correção. Veio então a conta corrigida. Foi quando constatei que estavam cobrando uma água a mais do que havíamos pedido. 2 erros em uma conta de 5 itens. Exigi a correção. O gerente do estabelecimento veio se desculpar, alegando que haviam tido um problema no sistema. Antes de sair, curiosamente presenciei o gerente se desculpando a outro casal por erro do sistema. Imagino que, também neste caso, não tenha sido porque “o sistema” cobrou menos do que devia. Falha de sistema? Incompetência? Má fé? Não tenho como afirmar o que foi. Só sei que prefiro voltar a restaurantes onde, mesmo que cometam erros, as evidências não me deixem com a clara impressão de que tentaram me enganar. Se você quiser indicações de restaurantes japoneses, tenho pelo menos uma dúzia a dar: Momotaro do grande Adriano Kanashiro, Kinu do Grand Hyatt, Sushi Gen, Sushi Yassu, Hideki, Shintori, Guekko, Mori, Kosaka, RAS em Moema, com yakitori, temaki e oniguiri fenomenais, ou o Sapporo (Moema e Itaim), por exemplo. Sou descendente de japoneses, louco por culinária e valorizador de justiça, valores e princípios considerados corretos. O Ran Sushi, no Real Parque / Morumbi, próximo à fantástica A Pizzaria, não posso recomendar. A comida até que seria ok, se cobrassem o preço correto. Lá “o sistema” me parece estar bem errado…

    Flavio H Miyamoto 24 de novembro de 2012 Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.